MACEIÓ – DMTT recolhe 34 veículos abandonados nas vias públicas de Maceió nos primeiros meses de 2024, ação respaldada por legislação vigente.

O Departamento Municipal de Transportes e Trânsito (DMTT) de Maceió está agindo de forma ativa para remover veículos abandonados nas vias públicas da capital. Durante o ano de 2023, o departamento realizou um total de 330 remoções, mostrando a dedicação em manter a cidade limpa e segura. Já nos dois primeiros meses de 2024, foram registradas 34 ocorrências de veículos abandonados, o que evidencia a constância do problema na região.

Essas ações de remoção são respaldadas pela Lei Municipal Nº 6.337/14 e pelo Artigo 279-A do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). O titular do DMTT, André Costa, ressalta a importância de combater veículos abandonados, que podem gerar transtornos para a mobilidade urbana, segurança e saúde pública, sendo potenciais criadouros do mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika.

Para contribuir com o trabalho do DMTT, a população pode realizar denúncias por meio de diferentes canais. O número 118 está disponível de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h, além do telefone (82) 3312-5340, que atende 24 horas. Outra opção é utilizar o aplicativo DMTT Maceió – NOI Cidadão, facilitando o contato direto com o departamento.

Após receber as denúncias, as equipes do DMTT são acionadas para verificar a situação dos veículos abandonados. Diversos critérios são analisados, como o estado de abandono, a presença de placas de identificação, vidros, pneus, rodas e a condição geral do veículo. Dependendo da avaliação, o veículo pode ser removido imediatamente.

Caso o proprietário seja identificado, ele é notificado a retirar o veículo da via pública dentro de um prazo estipulado. Se a irregularidade persistir, o veículo é removido para o pátio, só sendo liberado após a regularização das pendências.

O DMTT reforça a importância da colaboração da população no combate aos veículos abandonados, visando garantir a ordem e a segurança nas vias públicas da cidade. A fiscalização e remoção desses veículos contribuem para a manutenção de um ambiente urbano mais organizado e seguro para todos os cidadãos.

Botão Voltar ao topo